Mudando paradigmas empresariais e abrindo portas para a era criativa da meritocracia

Imagine um mundo corporativo em que as melhores ideias têm a melhor chance de serem aprovadas e implantadas. Um mundo em que as pessoas certas são colocadas em projetos criativos.


Neste mundo, fatores que colocam as pessoas erradas a frente de bons projetos seriam identificados e sanados. Com isso, cada indivíduo da empresa, bem como toda a sociedade, se beneficiaria. Acredite, esta é a grande tendência, tanto corporativa, quanto nas demais áreas. E isso é possível de acontecer graças a meritocracia.


Sem meritocracia, as pessoas correm o risco de se tornarem desmotivadas. É um ambiente em que elas percebem que o talento e o trabalho duro não são suficientes para conseguir os novos horizontes na carreira. E não são apenas os empregados que sofrem, a empresa perde qualidade e acaba entregando um produto ou serviço com valor inferior ao que poderia ser entregue.

Estamos na era da informação, e conhecimento é o maior valor de qualquer empresa. Nunca o trabalho intelectual teve tanta importância como nos dias de hoje, e isso vale para qualquer negócio em qualquer área de atuação. Portanto, para que a empresa seja inovadora, competitiva e até mesmo líder de seu mercado, é preciso possibilitar um ambiente em que isso possa crescer. Implantar a cultura da meritocracia em sua organização é o passo fundamental para que o futuro próspero seja possível.


Por que adotar a meritocracia?


A meritocracia concentra-se em resultados e não em personalidades individuais


Isso significa que para o colaborador crescer, ele tem que apresentar resultados. Com isso, a empresa se beneficia, pois o maior foco do colaborador é justamente produzir bem e com qualidade. Estes resultados são apresentados nas avaliações de desempenho, e o colaborador sabe que apenas crescerá se seu trabalho for bom.


Aumenta a transparência da empresa


Muitos funcionários temem ser postos de lado devido a vários fatores subjetivos ou não têm conhecimento claro das competências necessárias para o seu crescimento. Porém, quando os resultados são medidos de maneira correta, não há argumentos que impeçam que um bom funcionário possa decolar em sua carreira. Aliás, a avaliação não é apenas na equipe de produção, todos devem ser avaliados, inclusive gestores e CEO.

Isso aumenta enormemente a confiança de todo o time corporativo, possibilitando ainda mais, melhores trabalhos e grandes resultados. Todo colaborador é a chave do sucesso da empresa. Portanto, promover um ambiente de transparência e justiça é um grande passo para ter o time engajado no sucesso corporativo.


Facilita a tomada de decisões


Qualquer tomada de decisões é difícil, pois fazer escolhas é algo que causa desconforto. Quando escolhemos, não temos segurança se esse é o caminho certo, pois o futuro é  geralmente incerto. Porém, a cultura da meritocracia possibilita algo de muito valor aos gestores: informações seguras de seu time.

Quando uma decisão importante está para ser tomada, ter um panorama seguro de sua força de produção possibilitará uma escolha mais acertada.


A meritocracia fomenta o crescimento da empresa


Quando a empresa propicia aos funcionários um crescimento com justiça, em que o talento e a produtividade serão recompensados como deveriam ser, ela por si só cresce. Além de reter mentes criativas e inteligentes, a meritocracia ainda proporciona o crescimento de outros funcionários com potenciais a serem desenvolvidos, aumentando o capital intelectual.


Com isso, a empresa ganha ainda mais força, mais inovação, mais competitividade.

Como visto, a meritocracia é sinônimo de um futuro brilhante para todos, tanto para a corporação quanto para os funcionários. Trata-se de assumir uma cultura com mais ética, propiciando a justiça dentro da empresa e fazer que a sua empresa dê um salto de crescimento jamais visto antes.


Via : Fábrica de Cursos

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo