Fortaleça suas competências e encare os desafios mais facilmente

Dicas e orientações para uma gestão de carreira eficiente


Todo profissional que pensa em ter ascensão profissional tem como foco ter uma carreira bem-sucedida. Seu desenvolvimento está ligado ao conjunto de seus interesses profissionais, prioridades e habilidades.


Para isso é preciso fazer a sua gestão, assumir esse papel estabelecendo seus objetivos e como atingi-los.


O profissional que adota essa postura se destaca, abrindo espaços para colocar suas ideias em prática, melhorar seu desempenho e produtividade.


A carreira é o caminho percorrido ao longo de sua vida profissional. Ela deve ser planejada para ter constante mudança, com novas oportunidades de capacitação e treinamento, para que esteja preparado, apto para os desafios que irá trilhar nesse percurso e, claro, conquistar seus objetivos e metas. Esse desenho é construído a longo prazo a partir de suas escolhas.


O modelo de gestão de carreira hoje é bem diferente ao do passado, em que era comum um profissional passar anos no mesmo emprego e empresa. Certamente deve ter pessoas do seu convívio que passou por essa experiência. A profissão escolhida quando jovem costumava ser a da vida inteira.

Atualmente é bem diferente. No mundo globalizado as informações são disseminadas numa velocidade impressionante e a vida da maioria das pessoas acompanha esse intenso ritmo.

No mercado de trabalho é preciso aprender continuamente e adaptar-se às oportunidades e às mudanças.


4 fatores influenciadores de mudanças no mercado de trabalho


Estes fatores foram decisivos para a nova configuração do mercado de trabalho e para determinar as diferenças entre as carreiras atuais e as antigas.

1 – Agilidade – Nunca foi tão importante para as empresas. As menores costumam ser mais ágeis e eficientes do que muitos gigantes corporativos.

2 – Tendências corporativas – Fusões e aquisições têm grande influência nas carreiras.

3 – Avanços tecnológicos – Mudaram a maneira como as pessoas trabalham e se relacionam. Aumentaram a produtividade e facilitaram a comunicação.

4 – Era da informação – Hoje as carreiras são bem mais dinâmicas do que na era industrial.


Outro ponto em que houve mudança significativa foi no formato das carreiras que antes eram lineares, atualmente são mais dinâmicas com muitos caminhos possíveis, o que possibilita o profissional crescer bem mais e preparar-se melhor para o novo. Ao longo da carreira, é provável que você:


●  Exerça funções diferentes em áreas distintas; ●  Escolha caminhos variados para trilhar; ●  Busque diversos tipos de capacitação; ●  Adapte-se a diferentes oportunidades.


Quanto mais competências você adquirir, mais será valioso para o mercado e aumentará as suas chances de realização.

O olhar das empresas sobre o talento humano também mudou. O que elas procuram atualmente? Elas querem um colaborador comprometido com os resultados da empresa. Que tenha flexibilidade e adapte-se com facilidade às mudanças. Interessado em capacitar-se continuamente.


As mudanças, ao longo da carreira, representam oportunidades para melhorar suas competências, identificar novas áreas e funções em que você esteja apto e incentivar o seu desenvolvimento profissional.


As etapas que não podem faltar no gerenciamento de carreira


Agora, como fazer para gerenciar a carreira de forma adequada e com melhor desempenho? Algumas etapas são necessárias, como: autoconhecimento, conhecimento das oportunidades de desenvolvimento e associação das oportunidades às suas principais competências ou aptidões.

Conhecer-se é essencial. Faça sempre uma reflexão sobre o que mais gosta de fazer no trabalho, o que considera mais importante e o que melhor faz. Dessa forma irá identificar:


Interesses profissionais – Podem mudar e serem percebidos de maneiras diferentes ao longo do tempo. Geralmente estão baseados em diferentes tipos de atividades profissionais, como na aplicação de conhecimentos e habilidades, no trabalho com pessoas e no interesse de influenciar pessoas.


Prioridades no trabalho – Depende do que considera ser importante: relacionamento, financeiro, estilo de vida, carreira ou aquisição intelectual. Identificá-las o direciona ao trabalho que o satisfaça, que gere oportunidades de desenvolvimento profissional mais adequadas e concilie suas prioridades às atividades disponíveis.


Principais competências – Saber quais se destacam na sua experiência em algumas áreas e capacitar-se a oportunidades diferentes.


Competências e oportunidades precisam estar alinhadas

Para aproveitar uma oportunidade, organize-se e identifique as competências que você já possui e que são necessárias a ela, as que precisa aprimorar e as que você precisa adquirir. Não vai desperdiçá-la, certo? Pense em aspectos diferentes, como habilidades manuais e com as palavras, facilidade para lidar com números, competências relacionadas à liderança e outras. Essas são chamadas de competências transversais, elas são aplicáveis a diferentes atividades no trabalho.


Suas competências podem ser úteis em diferentes atividades profissionais:

●  Quando exercer uma liderança; ●  Na comunicação; ●  Na interpretação; ●  E, por último, na organização de informações.


Características das competências: aprimoradas ou adquiridas


Você já sabe o quanto é importante aprimorar suas competências para seu desenvolvimento profissional. Refletir sobre elas também faz parte desse crescimento e identificar suas características para a melhor aplicação. Então, observe se existem escalas de competência, se há atividades que requeiram níveis de competência específicos e se elas podem ser aprimoradas ou adquiridas.

As competências são as características mais maleáveis, ou seja, elas podem ser aprimoradas ou adquiridas mais facilmente, diferente dos interesses e prioridades.


Ganhe eficiência com o mapa da situação pessoal


Ter o seu perfil bem definido vai ajudá-lo a tomar decisões. Mas, como fazer isso? Com a identificação dos seus interesses profissionais, prioridades e competências, você terá um mapa da sua situação pessoal e poderá gerenciar sua carreira com mais eficiência. Nesse mapa terão indicadas as suas habilidades, os desafios que deseja encarar, o que o financeiro representa para você, os seus novos conhecimentos e o seu planejamento.

Um exercício interessante a ser feito e que vai enriquecer o seu mapa é comparar o que você conhece sobre si mesmo com o que outras pessoas no trabalho e em seus círculos de amizade pensam sobre você.


Do autoconhecimento ao resultado positivo


Com a etapa de autoconhecimento concluída, você saberá os tipos de atividades no trabalho que mais gosta de desempenhar, o que atende às suas prioridades e as competências necessárias para exercê-las. Como hoje o mercado de trabalho é muito dinâmico, ao longo da sua trajetória profissional, o que atualmente é prioridade para você, talvez daqui a algum tempo não seja mais.


Não tem como ser diferente, as oportunidades de desenvolvimento da sua carreira precisam estar alinhadas ao que deseja e você deve preparar-se para alcançá-las. Isso reflete a necessidade da adequação de cada oportunidade ao seu perfil e também de avaliar a contribuição que ela pode dar para sua carreira.

Tire o máximo de proveito dos desafios que surjam. E lembre-se de que os que requerem aprimoramento ou a aquisição de novas competências são aqueles que oferecem melhores chances de desenvolvimento de sua carreira, pois irão fazer com que fique melhor preparado e alcance resultado positivo.


Via : Fábrica de Cursos

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo