Ética no trabalho: o que é, importância e como desenvolver

Será que você tem uma postura ética no trabalho?

Responsabilidade, comprometimento, humildade e respeito aos outros fazem parte do seu comportamento?

Então, é bem provável que sim.

E há boas notícias: profissionais com ética no trabalho ganham credibilidade e a confiança dos outros, além de se tornarem exemplos para os demais.

Nas empresas, esse tipo de comportamento faz toda a diferença.


Ganho de produtividade, trabalho em equipe e melhoria no clima organizacional são alguns benefícios da ética no trabalho.

Portanto, há razões de sobra para que você incentive essa postura entre os colaboradores da empresa.

Mas nem sempre isso é fácil, porque, afinal, você vai ter que lidar com pessoas com valores, posturas e personalidades diferentes.

Então, para facilitar, este guia traz tópicos relevantes sobre o assunto:

  • O que é ética no trabalho

  • Por que cultivar

  • Benefícios

  • Como promover

  • Diferença entre ética e moral

  • Como fortalecer a ética no trabalho.

Ficou curioso? 

Nos próximos tópicos, vamos saber mais sobre a ética no trabalho e como a atenção a ela pode trazer benefícios para sua vida pessoal e profissional.


O que é ética no trabalho?

A ética no trabalho é o conjunto de valores, normas e atitudes que conduzem o comportamento dos profissionais dentro de uma empresa.

É por meio dela que um profissional apresenta comportamentos adequados ao ambiente de trabalho, sendo guiado por princípios que impactam diretamente a convivência em grupo. 

Em um artigo para o site da WiseStep, Chitra Reddy, profissional com experiência em recrutamento, afirma que a ética no trabalho consiste em regras e procedimentos.

De acordo com a autora, esses preceitos devem ser executados tanto pelo empregador quanto pelos funcionários para manter a cultura profissional da empresa e construir um melhor relacionamento com os clientes, fornecendo melhores produtos.

Ou seja, a ética profissional em todos os níveis da organização é vital para o seu bom funcionamento.

Um profissional ético é aquele que atua conforme os seus valores e os da empresa e não aceita fofocas e mentiras, tampouco desvaloriza ou prejudica os outros para obter posições melhores.

Também atua diariamente com educação e respeito em relação a colegas e subordinados e busca a cooperação e comportamentos que priorizem a troca de conhecimento e o trabalho em equipe.

Algumas características do comportamento ético incluem:

  • Empatia

  • Altruísmo

  • Responsabilidade

  • Integridade.

Por isso, profissionais que atuam com ética no trabalho se tornam referências para os outros a partir de seus comportamentos exemplares.

Geralmente, os comportamentos esperados dos funcionários estão descritos na política interna das empresas a partir do estabelecimento de normas e regras.

Essa ferramenta define o que se espera dos colaboradores, com o objetivo de construir uma cultura organizacional conforme os valores da empresa e um ambiente de trabalho positivo e que promova o bem-estar.



Por que cultivar a ética no ambiente de trabalho?

Para os profissionais, adotar uma postura ética no trabalho é fundamental porque esse é um tipo de comportamento valorizado no mercado.

Afinal, dessa forma, ele está reforçando uma imagem positiva de si mesmo, o que gera credibilidade e confiança.

A ética também ajuda o profissional a manter bons relacionamentos de trabalho, uma vez que respeita os demais.

Em um artigo para o site LifeHack, Scott Young diz que a ética no trabalho também tem a ver com o envolvimento em uma atividade ou projeto que o profissional ama.

Se ele não tem vontade de fazer mais e realiza apenas o mínimo com preguiça, pode ser que esteja trabalhando em algo que detesta.

“Ter uma ética de trabalho significa que você consegue criar, realizar e fornecer ainda mais”, afirma o autor.

Em outras palavras, a ética, por meio da motivação e do comprometimento, também move o profissional para o crescimento.

Já para a empresa, também há razão para cultivar a ética no ambiente de trabalho.

Para a empreendedora Lindsay Kramer, em um artigo para o site Bizfluent, ela é importante porque mantém todos os membros da empresa responsáveis por suas ações.

“Manter um código forte e ético cria uma sensação de segurança por meio de limites para os funcionários”, pondera a autora.

“Também permite que a gerência tome decisões que beneficiem a empresa”, finaliza.



Quais os benefícios da ética no trabalho?

Nos próximos tópicos, você vai conhecer as vantagens de agir com ética no trabalho.

Gera credibilidade

Sem dúvidas, profissionais éticos, independentemente do cargo que ocupam, constroem sua imagem com credibilidade.

Dessa forma, se tornam pessoas confiáveis e servem como referência para os demais, gerando respeito, admiração e reconhecimento para si mesmas.

Melhora o clima organizacional

A ética no trabalho promove um ambiente de respeito mútuo e colaboração, que favorece a troca de ideias e o bom relacionamento interpessoal.

Esses fatores impactam diretamente o clima organizacional, que traz qualidade de vida para os profissionais e gera crescimento e melhores resultados.

Aumenta a produtividade

O aumento da produtividade também é uma consequência de um bom clima organizacional criado a partir da ética dos profissionais.

Equipes com bom relacionamento, que colaboram entre si e adotam o respeito mútuo apresentam rendimento maior, porque não há fatores prejudicando a produtividade.

Dessa forma, é possível manter o foco na produção.

Favorece o trabalho em equipe

Em um artigo para a revista Chron, a empreendedora Kimberlee Leonard destaca que a ética no trabalho também significa compreender que você é parte de uma equipe e que cada profissional tem uma função diferente.

“Esse entendimento estimula o trabalho em equipe e a cooperação para garantir que todos tenham as informações certas para realizar seus trabalhos corretamente”, diz a autora.


Mas afinal, como promover a ética no trabalho?

Na sequência, você vai descobrir quais atitudes são importantes para promover a ética no trabalho.


Honestidade

A honestidade deve fazer parte da postura no trabalho.

Isso significa que é preciso inclusive assumir responsabilidade pelos seus erros sem delegar a culpa para colegas ou subordinados.

Essa atitude, além de contribuir para um ambiente de respeito, demonstra que você é confiável e possui credibilidade.


Respeito ao sigilo

É comum que as empresas tenham informações sigilosas que precisam ser conhecidas pelos profissionais.

Mas essa condição não significa que o sigilo deva ser quebrado.

Pelo contrário, a ética no trabalho implica em guardar as informações com segurança não apenas para cumprir as obrigações do contrato e evitar uma demissão, mas também para não prejudicar a empresa.


Comprometimento

Pessoas comprometidas demonstram que têm responsabilidade com o trabalho.

Ser comprometido significa estar genuinamente preocupado com a performance individual e da empresa, sempre buscando melhores resultados.


Prudência

Ter prudência nos relacionamentos profissionais é primordial para agir com ética.

Mesmo que a sua equipe tenha pessoas com as quais você tem divergência, prudência e empatia ajudam a preservar as relações e a manter um ambiente saudável.

E essa atitude faz toda a diferença para os resultados da empresa e para o seu próprio bem-estar dentro dela.


Humildade

Agir com humildade é primordial para o trabalho em equipe.

Tenha em mente que um profissional sempre pode aprender com o outro, e essa é a principal vantagem da colaboração.

Independentemente da sua posição hierárquica na empresa, respeitar os colegas, evitar fazer julgamentos e reconhecer erros devem fazer parte da sua conduta ética.


Privacidade

No ambiente de trabalho, você deseja ter seu espaço respeitado, não é mesmo?

Por isso, respeitar a privacidade de colegas também deve fazer parte da sua postura profissional, evitando mexer em documentos, gavetas e materiais sem a permissão do dono.




12 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo